PÁGINA INICIAL
NOTICIAS
 

WENCESLAU BRAZ: Centro cirúrgico realiza primeiro parto na nova estrutura

Publicado em: 14/05/2021

Após reinauguração, se trabalha para tornar local referência em atendimentos na região.

Após ser fechado pela Vigilância Sanitária Estadual em 2013, o hospital de Caridade São Sebastião em Wenceslau Braz voltou a contar com a estrutura de um centro cirúrgico que já foi estreado pela equipe médica com o nascimento de uma brazense na tarde desta quarta-feira (12).

Após o fechamento, o centro cirúrgico foi tema de debates entre a sociedade em geral, gestões políticas, equipes médicas e direção do Hospital São Sebastião. Após muita luta onde cada envolvido acabou contribuindo um pouco, finalmente a estrutura começou a ser utilizada.

Inicialmente, o local deve realizar atendimentos particulares ou conveniados, como foi o caso do parto realizado nesta quarta-feira custeado pela família da bebê. Porém, a diretoria vem trabalhando desde o ano passado para criação de um convênio entre prefeituras da região para que a população possa ser atendida gratuitamente via SUS (Sistema Único de Saúde).

A Folha Conversou com o presidente do Hospital de Caridade São Sebastião, Juan Pablo de Azevedo Junior, que falou um pouco sobre o plano de tornar Wenceslau Braz um polo regional de saúde. “Nosso hospital hoje tem uma estrutura para atender regionalmente e muitas coisas boas irão acontecer em breve. Já estamos credenciados na 19ª Regional para atender cirurgias eletivas das cidades da nossa regional e também está em projeto para ser instalada uma clínica de diagnósticos por imagem em baixo da estrutura do Centro Cirúrgico. O que precisávamos era dar um ‘Start’ e isso aconteceu com a liberação de nosso centro cirúrgico pela Vigilância Sanitária e do primeiro nascimento aqui”, explicou Pablo.

Atualmente, cinco cidades (Wenceslau Braz, São José da Boa Vista, Santana do Itararé, Salto do Itararé e Arapoti) podem inicialmente assinar o convenio para que suas gestantes venham realizar o parto aqui pelo sistema único de saúde (SUS). Hoje a estrutura tem capacidade de realizar em média 100 partos mensais e dezenas de cirurgias eletivas, o que pode abranger moradores de toda a região

A reconstrução do centro cirúrgico contou com a colaboração de diferentes gestores municipais, tanto através de ações do Executivo quanto do Legislativo municipal, contando ainda com apoio de políticos estaduais.

O primeiro político a abraçar a causa foi o ex-vereador Luiz Alberto Antônio, Beto do Esporte que fez inúmeras viagens a capital paranaense em busca de parceiros que tornassem o projeto de reconstrução do local possível. Em 31 de agosto de 2018, o ex-prefeito Paulo Leonar Ferreira Amador (PP) inaugurou a pedra fundamental para início da construção de um novo prédio para o Centro Cirúrgico. As obras foram concluídas e entregues quase dois anos após o início ainda na gestão Leonar.

Com a parte da edificação pronta, o próximo passo foi a busca por liberação de convênios e licenças para funcionamento. Neste período, o local ficou sem funcionar o que, nas últimas semanas, fez com que o vereador Fenando Maluf apresentasse requerimento questionando na Câmara o porquê de o local não estar realizando atendimento à população.

Na semana passada, o vice-prefeito Luiz Carlos Vidal (PSB), o vereador Fernando Maluf (PSB), o presidente do Hospital, Juan Pablo de Azevedo Zub e o diretor do Hospital Fabiano Stortti, estiveram na 19ª Regional em Jacarezinho conversando com o Diretor Geral Marcelo Nascimento sobre procedimentos referentes ao início das atividades, onde a comitiva brazense conseguiu agendar a visita da equipe da vigilância Sanitária viessem até Wenceslau Braz.

Com isso, as instalações receberam a visita da equipe da Vigilância Sanitária Estadual na segunda-feira (10), onde o Hospital recebeu nota máxima em todos quesitos e autorização para iniciar o funcionamento. Assim, dois dias após a autorização nasceu a primeira brazense no novo centro cirúrgico

Fonte: Folha Extra

Mais fotos

MAIS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE